Pular ao texto principal

Brasil

Comunicado de imprensa 2018

2018/May/31

Contribuindo para o uso eficiente de recursos limitados: novos elementos de nanofiltração para injeção de água em campos de petróleo (maior área de membrana e taxa de vazão do mundo)

A Nitto Denko Corporation (sede: Osaka, Japão; presidente, diretor executivo e diretor de operações: Hideo Takasaki; doravante “Nitto”) expandirá sua linha de produtos de membrana de nanofiltração (NF) para injeção de água usada em exploração petrolífera. A Nitto desenvolveu a nova membrana de NF que fornece a maior taxa de vazão e rejeição de sulfato da indústria, e outro produto de NF para campos de petróleo em terra firme, o qual apresenta a resistência à pressão mais alta do mercado.
Contribuindo para o uso eficiente de recursos limitados: novos elementos de nanofiltração para injeção de água em campos de petróleo

Histórico

A produção primária de petróleo a partir de um poço vertical geralmente recupera apenas cerca de 20% do petróleo total do reservatório. Assim, para recuperação adicional, água do mar, calor e dióxido de carbono são injetados no reservatório. Entretanto, os íons de sulfato presentes na água do mar podem causar problemas: eles formam crostas que podem obstruir os canos de injeção de água. Além disso, um gás tóxico é gerado pelos micro-organismos redutores de sulfato, portanto esses íons de sulfato devem ser removidos através de membrana de separação antes da injeção.
A Nitto já apresentou a membrana de NF (NANO-SW) que conta com a maior seletividade de íons de sulfato atualmente disponíveis e contribui muito para uma produção de petróleo em mar aberto mais eficiente no Oceano Atlântico e outros oceanos pelo mundo.

Nas plataformas de produção em mar aberto, o espaço é muito limitado e a minimização do espaço ocupado pelo equipamento de tratamento de água é um dos principais desafios do setor. Por outro lado, nos campos de petróleo em terra firme no Oriente Médio, que vêm recebendo mais atenção atualmente, é necessário uma membrana de NF com resistência à alta pressão. Isso se deve ao grau de salinidade da água do mar nessa região ser de cerca de 5%, que é relativamente maior do que em outras regiões, e a temperatura à noite é baixa, exigindo uma pressão operacional ainda maior, de quase o dobro em comparação com o que é necessário em injeções nos campos de petróleo em mar aberto.

A Nitto desenvolveu três novos produtos de NF que atendem às necessidades específicas do setor do petróleo utilizando nossas tecnologias de membrana de osmose reversa bem estabelecidas.

  1. Membrana de NF para campos de petróleo em terra firme (NANO-SW-LD MAX, NANO-SW ULTRA):
    Membrana com alta eficiência de energia e a maior taxa de vazão do mundo

    Para atingir a maior taxa de vazão do mundo, uma membrana mais fina é usada, reduzindo, assim, a espessura da folha da membrana em 35% e aumentando a eficiência de vedação da membrana em 15%.
    O desempenho da membrana com maior vazão reduz o espaço de instalação do equipamento de tratamento de água e gera menor consumo de energia e, assim, menor custo operacional.
  2. Membrana de NF (NANO-SW HP) para campos de petróleo em terra firme: Resistência à alta pressão
    (aumento maior do que o dobro comparado com o modelo convencional)

    Esta é uma membrana de NF especialmente fabricada para lidar com operações de alta pressão (> 4 MPa) em campos de petróleo em terra firme no Oriente Médio. (Salinidade da água do mar > 5%)
NANO-SW
Produto convencional
【Campos de petróleo em mar aberto】
Novo produto NANO-SW-LD MAX
【Campos de petróleo em mar aberto】
Novo produto NANO-SW ULTRA
【Campos de petróleo em terra firme】
Novo produto NANO-SW HP
Espessura da membrana 0,13 mm 0,09 mm 0,09 mm 0,13 mm
Área da membrana (pé² ※1) (8 polegadas) 400 (37,2 m²) 440 pé² (40,9 m²) 510 pé² (47,4 m²) 400 pé² (37,2 m²)
SO42-
Taxa de rejeição (%)
99,8 99,8 99,8 99,8
Vazão (GPD※2) 11.000 (41,6 m³/d) 12.000 GPD (45,4 m³/d) 13.000 GPD (51,1 m³/d) 11.000 GPD (41,6 m³/d)
Pressão máxima de operação (psi) 600 (4,14 MPa) 600 (4,14 MPa) 600 (4,14 MPa) 1.200 (8,28 MPa)
※1 pé²: pé quadrado
※2 GPD: galão por dia
Contribuindo para o uso eficiente de recursos limitados: novos elementos de nanofiltração para injeção de água em campos de petróleo
De acordo com as Perspectivas de Energia no Mundo 2017 publicada pela Agência Internacional de Energia (International Energy Agency, IEA), a projeção de aumento da demanda global de energia até 2040 é de 30%. Também se espera que o consumo global de petróleo siga essa tendência. Nessas circunstâncias, a utilização eficiente de todo e qualquer reservatório de petróleo disponível está cada vez mais importante. Por meio desse novo tratamento de água e de tecnologias de separação de membrana, esperamos conseguir contribuir para operações mais eficientes para o setor de petróleo, de forma a maximizar o uso de recursos naturais limitados.

Contato

Assistência ao Cliente

Notice
Here is the information at the release day. This information may be different from the information at other medias. Please be forewarned.

Volta ao topo da página