Pular ao texto principal

Tecnologia híbrida orgânica/inorgânica

Geralmente, ao mesmo tempo em que são excelentes em termos de processabilidade, os materiais orgânicos são pobres em condução de calor e possuem um grande coeficiente de expansão linear. Para superar essas desvantagens, eles são misturados com materiais inorgânicos para formar materiais compostos.
Recentemente, no entanto, tem havido muita demanda por algumas propriedades, tais como níveis elevados de condutividade térmica e, em aplicações ópticas, por taxas de refração mais elevadas e coeficientes de expansão linear mais baixos, propriedades essas que não podem ser obtidas utilizando materiais compostos orgânicos/inorgânicos simples. Uma forma de solucionar esse problema que se tornou um tanto popular em pesquisa e desenvolvimento é utilizar tecnologia híbrida orgânica/inorgânica para projetar materiais mais avançados.
A utilização dessa tecnologia híbrida orgânica/inorgânica na forma de resina transparente de encapsulamento de semicondutor óptico ajudou a Nitto Denko a reduzir o coeficiente de expansão linear e ampliar a confiabilidade.

Resina de encapsulamento de semicondutor óptico transparente
Como o propósito desta resina é proteger semicondutores ópticos, a transparência é essencial. Isso descarta a utilização de enchimentos inorgânicos convencionais, o que significa que ficamos com o problema de como reduzir o alto coeficiente de expansão linear.
Somos capazes de superar esse problema com a utilização de um óxido de metal composto com um índice de refração e características de dispersão de comprimento de onda, os mesmos da resina, para desenvolver um produto ao mesmo tempo transparente e com baixo coeficiente de expansão linear.

Contato

Assistência ao Cliente

Horário comercial (Brasil)
das 8h às 17h (exceto sábados, domingos e feriados)

Volta ao topo da página